Projeto Mata Sul segue para o município de Ribeirão

O superintendente e o assessor de Projetos Especiais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), Frederico Bastos e André Buonafina, respectivamente, estiveram, na manhã da quarta-feira (25), na prefeitura Municipal de Ribeirão, onde foram recebidos pelo secretário municipal de Obras, Flávio Henrique.

Na ocasião, os representantes do CREA-PE mantiveram um primeiro contato para explicar sobre o trabalho voluntário de levantamento dos estragos causados pelas chuvas dos dias 28 e 29 de maio que resultaram em enchentes com deslizamentos de barreiras, quedas de pontes e comprometimento das estruturas de casas  e pontos comerciais nas cidades de Palmares, Belém de Maria, Catende, Ribeirão e Cortês, todas decretadas pelo governo estadual em Estado de Emergência.

Buonafina explicou ao secretário que a equipe de voluntários do Projeto Mata sul, coordenada pelo superintendente do Conselho, Frederico Bastos, chegará à cidade para iniciar os trabalhos de vistoria na segunda-feira (06.11) e que, para tanto é necessário que a prefeitura disponibilize servidores da Defesa Civil e da prefeitura para auxiliarem no trabalho de identificação das áreas afetadas e facilitar no acesso às residências e prédios comerciais.

“A contrapartida que estamos solicitando nas prefeituras das cidades em que estamos realizando o trabalho voluntario é a cessão, por parte da prefeitura, de pessoal que nos conduza aos locais atingidos e relatórios que indiquem os levantamentos preliminarmente realizados por outros órgãos”, explicou o assessor.

Ainda sobre a ação, André Buonafina disse que é acompanhada pela prestação dos serviços do CREA Móvel, veículo adaptado que funciona como escritório do CREA para atender na necessidade de regularização de registros de obras e serviços, de profissionais, empresas, de autos de infração, entre outros. Nesse sentido, foi solicitada também ao secretário, a indicação de local visível, de fácil acesso e com segurança para garantir a permanência do veículo no município, por tempo igual ao do grupo de profissionais voluntários.

O secretário agradeceu a colaboração que classificou como bem-vinda, comprometendo-se a reunir o prefeito, defesa civil, secretários e demais agentes públicos envolvidos na questão, para uma realização que deverá ser realizada antes do início dos trabalhos, também no mesmo dia 06 de novembro.

Por fim, os técnicos do CREA-PE explicaram ao secretário que, de posse do relatório que será entregue à prefeitura após a conclusão das vistorias, será possível reivindicar recursos  junto ao poder público para execução de obras de recuperação ou reconstrução das edificações comprometidas pelas enchentes.

Aproveitando a oportunidade, ainda no município, o coordenador dos trabalhos, Frederico Bastos, antecipou as tratativas para hospedagem e alimentação dos profissionais que chegarão à cidade no próximo dia 06 de novembro.