Capa > Arquivo > Seminário Pernambucano de Arborização Urbana começa em Araripina

Seminário Pernambucano de Arborização Urbana começa em Araripina

Até a próxima sexta-feira (12) o tema arborização urbana será discutido por profissionais das áreas tecnológicas no Sertão do Araripe. É o 2º Seminário Pernambucano de Arborização Urbana que está acontecendo na cidade de Araripina, na Faculdade de Ciências Agrárias (Faciagra) com o propósito de levantar uma discussão mais aprofundada do assunto e contribuir com um manejo mais adequado às realidades urbanísticas e paisagísticas da região.

 
Na noite de ontem (10), aproximadamente 200 participantes acompanharam a abertura do evento com a presença do conselheiro do Crea-PE, o engenheiro agrônomo Alexandre Krause, que veio representando o presidente José Mário Cavalcanti, do coordenador da Comissão de Meio Ambiente do Crea-PE, Joadson Souza, do presidente da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU), Ricardo Martins, e do diretor de Gestão da SBAU, Tadeu Pontes. Também compuseram a mesa o secretário de Meio Ambiente de Araripina, José Costa Filho, e a diretora da Faciagra, Odolina Francelina.
 
O coordenador da Comissão de Meio Ambiente, Joadson Souza, ressaltou a preocupação da organização em realizar um evento de alto nível, com palestras interessantes e bom aproveitamento. “Tivemos muito trabalho para trazer profissionais qualificados e com reconhecimento nacional e esperamos que todos aproveitem bastante as 10 palestras que serão desenvolvidas durante o seminário”, disse o coordenador. O representante do presidente do Crea-PE, Alexandre Krause, agradeceu a parceria com a cidade, por ter acolhido o evento, e levantou a importância do tema numa região tão carente do verde. “Servirá de estímulo para outras cidades. Estamos reunindo aqui muitos profissionais, engenheiros civis, agrônomos, de pesca, biólogos, entre outros, para tratar um assunto bastante atual e importante para a melhoria da qualidade de vida da população”, destacou Krause.
 
Já o presidente da SBAU, Ricardo Martins, discursou sobre a importância de passar o conhecimento do trato com a arborização urbana para trazer mais conforto aos munícipios e agradeceu aos parceiros. “Queremos agradecer a todos que estiveram envolvidos na organização do evento e em especial ao Crea, na pessoa do presidente José Mário, por acreditar na importância desse seminário para as cidades pernambucanas, somando conosco boas parcerias e esperamos realizar o terceiro seminário no próximo ano”, disse. Concordando com Martins, Tadeu Pontes, diretor da SBAU, também apostou na difusão do conhecimento e explicou que a escolha de Araripina não foi à toa. “É uma cidade carente de arborização. Esperamos que o conteúdo atenda a expectativa de todos”, comentou.
 
O secretario de Meio Ambiente do município, José Costa, e a diretora da Faciagra, Odolina Francelina, destacaram o prazer em receber o evento de grande importância para a cidade e se colocaram à disposição para novas parcerias.
 
Ainda na abertura, o representante do Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (Senge-PE), Gaio Camanducaia, realizou uma pequena amostra das atividades da entidade. Logo após, o presidente da SBAU, Ricardo Martins, realizou uma palestra abordando a história da arborização urbana, enriquecida com imagens de Franz Post que, com seus registros, deu início ao paisagismo no Brasil, prescedendo Maurício de Nassau. Falou sobre o papel da entidade, principalmente da importância da conscientização pública e participação de gestores. “Os gestores públicos são os grandes responsáveis hoje pela implantação e manejo da arborização urbana”, disse. Também de especial interesse da população, Ricardo Martins falou sobre os conflitos das árvores com o meio urbano, problemas como o contato com a rede elétrica, telefônica e sinalização foram abordados com as possíveis soluções e orientações de poda de árvore.

 

Vanessa Bahé
ASC Crea-PE, enviada especialde Araripina/PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates