Conselho reúne inspetores em encontro mensal

Os inspetores do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) participaram, na manhã desta quinta-feira (12), da reunião mensal de integração com o presidente do Conselho, José Mário Cavalcanti. O encontro, que acontece mensalmente, tem como finalidade estreitar os laços entre a sede do Regional e as inspetorias. Entre os assuntos discutidos estavam inseridos a criação do Prêmio Crea-PE de Acessibilidade, a posse de novos inspetores em Arcoverde e de Salgueiro, as fiscalizações ampliadas para o Interior do Estado e os encontros de negócios em Araripina e Salgueiro.

Na pauta da reunião, o Encontro de Salgueiro e a Rodada do Araripe tiveram destaque. Segundo o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, esses eventos irão discutir temas relevantes para a região. “Os encontros ficarão marcados na agenda de todo Sistema Confea/Crea/Mútua. Eles serão de grande repercussão nacional e vão contribuir para a interiorização do desenvolvimento pernambucano”, destacou José Mário. Os encontros acontecem, simultaneamente, de 8 a 11 de setembro, nas respectivas cidades. Aproveitando o evento, no Encontro de Salgueiro, os três novos inspetores tomarão posse solene.

A Comissão de Acessibilidade Ambiental (CAA) também participou da reunião e, na ocasião, mostrou o plano de trabalho onde está inserido o projeto do Prêmio Crea-PE de Acessibilidade. A idéia é que os melhores trabalhos tenham o tema acessibilidade como uma prioridade. A premiação terá enfoque em todo o Estado, por isso foi apresentada na reunião dos Inspetores. Ainda no encontro, o conselheiro e membro da CAA Armando Nascimento, falou sobre o projeto da Prefeitura de Petrolina, o Calçada Legal, que propõe a adaptação de espaços urbanos públicos. Segundo o conselheiro, a Prefeitura ainda solicitou do Crea-PE uma consultoria em acessibilidade.

Por fim, o Chefe da Divisão de Fiscalização, Fábio Vírginio, destacou a ampliação da fiscalização nas Inspetorias. Segundo ele, o fato se deve, entre outros fatores, pela utilização do manual de fiscalização do Sistema Confea/Crea/Mútua.

Rui Gonçalves

ASC do Crea-PE