Crea-PE

Crea Pernambuco leva discussão sobre a Transnordestina ao Fórum de Presidentes do Nordeste

Presidente Adriano Lucena propôs aos demais presidentes de Creas do Nordeste que abracem a luta a favor da retomada das obras, que beneficiará toda a Região Nordeste

O primeiro dia de reunião do Fórum de Presidentes do Nordeste culminou com a apreciação da pauta trazida pelo presidente do Crea Pernambuco, Adriano Lucena, para que os presidentes dos Creas dos demais estados da região possam fortalecer a articulação em prol da retomada das obras da Ferrovia Transnordestina. Ficou definido que será elaborada uma carta com todos os elementos técnicos que justificam a conclusão do projeto, assim como seus benefícios para cada estado do Nordeste em particular, para ser assinada por todos os Conselhos da Região.

“A Ferrovia Transnordestina é uma obra estruturadora que vai beneficiar todo o Nordeste, pois todos os estados serão beneficiados – direta ou indiretamente – com o escoamento dos produtos quando este projeto for uma realidade em pleno funcionamento. As obras da ferrovia foram iniciadas em 2006 e quase 20 anos depois estamos ainda discutindo quem vai terminar, quando e com quais recursos. Precisamos nos mobilizar todos os estados para que essa obra seja concluída, pois além de todos os benefícios que virão após a sua conclusão, a execução do projeto proporcionará emprego e renda para os profissionais das engenharias, agronomia e geociências de toda a região”, defendeu o presidente do Crea-PE, Adriano Lucena.

A pauta foi muito bem recebida pelo Fórum. “Eu, particularmente, acho muito importante abraçarmos essa causa, pois o Nordeste precisa de obras de infraestrutura para alavancar o nosso desenvolvimento regional, para que o Nordeste possa sair dessa condição de subalternidade”, ponderou o presidente do Piauí, Ulisses Filho. O presidente do Crea-BA, Joserval Carqueija, corroborou a opinião. “Eu ando bastante pela região e por isso entendo que o nosso maior problema é a questão modal. O Sul e o Sudeste do Brasil tiveram grande investimento nessa área, aqui no Nordeste é um ‘Deus nos acuda’. Precisamos ver isso”, defendeu.

O fórum se reúne nesta quinta (11) e sexta-feira (12), na capital do estado do Maranhão, São Luís, para dar discutir os assuntos referentes às regionais. Dentre os assuntos tratados neste encontro, estão a participação do Sistema Confea/Crea/Mútua na elaboração de normas técnicas da ABNT; a implementação da Certidão de Acervo Técnico Operacional (CAO); e ações coordenadas de fiscalização.

Skip to content