GT de Gestão de Sistema e Acompanhamento da Res. 1.010/05 discutem a unificação de procedimentos


Brasília, 28 de setembro de 2012 – O Grupo de Trabalho de Gestão do Sistema e Acompanhamento da Resolução 1.010/2005 reuniu-se, na última quarta-feira (26), para tratar de diversos assuntos, entre eles a unificação dos sistemas corporativos dos Conselhos Regionais e do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). A reunião foi conduzida pelo coordenador do GT e presidente do Crea-SE, Jorge Silveira, e teve como proposta construir uma ferramenta de unidade importante para a formatação de um grande sistema profissional único, integrado e padronizado em todo País.

Entretanto, a construção de uma plataforma única ainda é um desafio porque alguns presidentes desejam manter o sistema utilizado atualmente em seu Regional. Outra dificuldade apontada pelo gerente da GTI, Fernando Henriques, é manter uma equipe de analistas de sistemas disponível para planejar e manter o sistema atual do Confea. Ele ainda explicou que há uma grande rotatividade dos profissionais de informática no mercado, dificultando o processo de continuidade do projeto.

Apesar de todas os obstáculos, o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, acredita na unificação dos procedimentos como medida de melhorar a atuação dos Regionais. “É de suma importância a modernização do Sistema, uma vez que não se pode chamar de Sistema aquilo que não é unificado. Portanto, se a unificação começar pela informática, transformando todos os sistema regionais em um único que agregue todas as vantagens e melhorias de cada um, teremos sim um poderoso sistema capaz de trocar informações, conversar e emitir relatórios consistentes com uma utilização eficiente para o auto-diagnóstico”, analisou.

O conselheiro federal Francisco Ladaga propôs e foi aceito pelos presentes que a Direção do Confea dê prioridade a estruturação e fortalecimento da GTI, para poder se pensar de modo eficiente e objetivo, em um sistema de informática unificado para se obter um processo de gestão com metas e resultados seguros e plena eficiência neste sistema nacional de profissionais.

O presidente José Mário sugeriu a revitalização de imediato do GAT, auxiliando e sugerindo as políticas de gestão e informática do Sistema Confea/Crea com o compromisso de ser implementado um cronograma de trabalho, com reuniões com pautas definidas pelo GT, regionais e Confea.

Encerrando o encontro, o coordenador Jorge Silveira abordou a necessidade da elaboração de um projeto de sistema de controle de processos, em meio digital, para melhorar a eficiência e o desempenho do sistema de gestão do Confea/Crea. Ele informou ainda que, na próxima reunião do Encontro de Presidentes do Nordeste, em Teresina, em outubro, será apresentado pelo Crea-BA o projeto que contempla os anseios, principalmente, dos presidentes dos Creas de pequeno e médio porte.

No final da reunião, com a presença do presidente do Crea-PR, eng. Joel Kruger, foi discutido a questão do sistema de votação nominal e eletrônica nos plenários dos Creas.

Na oportunidade, o presidente do Crea-PE, José Mário, comentou que está realizando as alterações do regimento interno do Regional e questionou se outros Creas estão trabalhando neste assunto, a fim de que estas alterações possam ser adotadas entre os regionais que se interessem, visando regimentos parecidos e assim ajudar na proposta de unificação. O assunto foi acatado e será levado como proposta ao Colégio de Presidentes.