Capa > Arquivo > José Mário cumprimenta o ministro Aloizio Mercadante e fala sobre o Pensar as Américas

José Mário cumprimenta o ministro Aloizio Mercadante e fala sobre o Pensar as Américas

O presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, aproveitou a participação do ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, nesta terça-feira (22) no 6º Encontro de Lideranças realizado pelo Confea em Brasília, para falar sobre o Movimento Pensar as Américas, que tem a proposta de integrar os países do continente americano com solidariedade e desenvolvimento. José Mário destacou o movimento em conformidade ao discurso do ministro sobre a valorização da integração internacional.

 
Mercadante contribuiu com o seminário expondo sua experiência com relação ao tema Política Nacional de CT&I e Política de Desenvolvimento Produtivo. Segundo o ministro, o Brasil não depende apenas do mecanismo de exportação, o mercado interno é elemento fundamental para o crescimento. “Temos que manter a estabilidade porque é essencial para crescermos. O Brasil não se contenta em ser passivo na política internacional. Nosso país não é mais um problema na economia mundial, isso vai configurando um novo padrão de desenvolvimento econômico”, disse Mercadante.
 
O ministro falou sobre um plano de ação de tecnologia como resgate estratégico para que a infraestrutura cresça a frente da demanda. Com relação a demanda dos profissionais das áreas tecnológicas, o governo federal tem um programa nacional de estímulos a formação de engenheiros que o Confea está participando. “A oferta de vagas superou o que esta sendo ofertado. Nós produzimos academicamente e tem gente de fora patenteando a pesquisa que desenvolvemos. Precisamos ter novo foco nas patentes, novo olhar na ciência e tecnologia. O gargalo está na inovação”, comentou o ministro em sua palestra.
 
Apesar de fortes cortes de recursos, vamos conseguir ampliar o crédito da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). “Avançamos nos desenhos dos parques tecnológicos e das incubadoras, como a Vale do Rio Doce e a Embraer. Estamos incentivando novo pacto regulatório para esses parques para um novo pólo de inovação e articulação”, disse.
 
O ministro Aloizio Mercadante afirmou estar implantando um movimento para articular uma cultura de inovação no setor privado brasileiro e solicitou o apoio do Sistema Confea/Crea na divulgação. “Hoje não falta apenas engenheiro, falta mestre de obra, encanador, falta gente em toda a cadeia produtiva. Ficamos 20 anos com baixo crescimento, as empresas tentavam sobreviver e não arriscavam em pesquisa e desenvolvimento. Está se abrindo um grande cenário para os engenheiros, não podemos pensar pequeno e não há inovação sem eficiência e inteligência. Espero que com esse congresso vocês saiam motivados para que o Brasil continue nesse ritmo para dar mais um salto na área da inovação da ciência e tecnologia”, finalizou Mercadante.
 
Vanessa Bahé
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates