José Mário é diplomado como presidente no Senado

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), José Mário Cavalcanti, junto com outros presidentes dos 26 Creas e com o presidente do Confea, José Tadeu da Silva, foi diplomado, na noite de quarta-feira, em solenidade,  na sede do Senado Federal, em Brasília. O evento contou com a presença dos ministros da Pesca e Agricultura, Marcelo Crivella, da Previdência, Garibaldi Alves, além de diversos parlamentares.

“Essa diplomação é o reconhecimento dos profissionais pelo trabalhado realizado na primeira gestão. Para os próximos três anos, trabalharemos ainda com mais afinco para aproximar o Conselho dos profissionais, das entidades e da sociedade”, disse o presidente José Mário Cavalcanti.

Já o presidente do Conselho Federal iniciou o discurso fazendo alusão à Encíclica Papal 69, de Bento XVI que discorre sobre a técnica. “O desenvolvimento está estreitamente unido ao progresso tecnológico. A técnica exprime e confirma o domínio do espírito sobre a matéria. Por meio da técnica, o homem conhece a si mesmo e realiza sua própria humanidade”, citou José Tadeu.

“O desenvolvimento tecnológico atingiu caráter de urgência para o país, no tocante à proteção ambiental e à equidade social. A engenharia e a agronomia são responsáveis por garantir a qualidade de vida da população. Precisamos atualizar a legislação das profissões tecnológicas para que o nosso sistema profissional esteja em sintonia com o momento atual do país”, defendeu.

O deputado federal Luis Carlos Pitman afirmou que a nova presidência do Confea traz esperança aos engenheiros, aos governos e à população, que dependem do desenvolvimento do país. “Temos passado por muitas tragédias, inclusive em obras públicas. Muitas vezes a legislação não contribui para o efetivo trabalho desses engenheiros. É preciso a ajuda de vocês para que nós, legisladores, possamos melhorar as normas que regem o Brasil. Nenhum país consegue chegar a grandes estágios de desenvolvimento sem profissionais capacitados, como queremos que sejam nossos engenheiros. Há disposição no Legislativo e no Executivo para ampliarmos o nosso desenvolvimento”, afirmou Pitiman, reiterando a importância da educação e da capacitação profissional.

O senador Sérgio Petecão comentou a situação de seu estado, Acre, que apenas recentemente contou com avanços na área da engenharia. Segundo ele, com a construção civil houve uma ampliação na geração de trabalho e renda e o trabalho precisa continuar.

Marcelo Crivella destacou projetos que elaborou quando era senador com o apoio de lideranças do Sistema Confea/Crea. “Nós engenheiros temos projetos importantes para o país e precisamos participar mais da vida nacional. Um projeto muito relevante é aquele que institui a obrigatoriedade de inspeções nos edifícios. Além de garantir a segurança da população,  vai abrir um campo de trabalho importante para os engenheiros”, sugeriu, fazendo referência ao projeto de lei 491/2011, que tramita no Senado Federal.

Crivella também afirmou que a engenharia é a esperança para o desenvolvimento de produtos, técnicas e serviços fundamentais para o país. “Temos uma série de indústrias de destaque, mão de obra especializada e um país para construir”, completou.

Na ocasião, o ministro afirmou que os profissionais da área tecnológica devem ser mais ouvidos. "Faço um apelo para que a ação da Engenharia possa repercutir nas leis que são votadas neste país. A Engenharia é a esperança do Brasil, de conquistar novos produtor e técnicas. Somos um país pródigo porque somos ricos em calcário, em argila. Temos minério de ferro, polo petroquímico, mão de obra extraordinária: um exército de pedreiros, carpinteiros, mestres de obras, enfim, temos um país para construir com os nossos engenheiros".

O ministro Garibaldi Alves parabenizou José Tadeu pela coesão em torno de seu nome no Sistema Confea/Crea, apesar de a disputa pela presidência do Conselho Federal ter sido acirrada. “O país precisa de infraestutura, que se faz não só com investimentos do governo, mas também com engenheiros competentes”, declarou.

Kele Gualberto (ASC do Crea-PE)

Lena Silva

Colaboração: Janine Gonzaeles (Crea-MS)

Assessoria de Comunicação do Crea-RJ

Fotos: Alexandre Alves