Técnicos comemoram Dia Nacional da categoria

De acordo com a Lei nº 11.940, de 2009, o dia 23 de setembro marca o Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico. O dia refere-se à data de implantação do Ensino Técnico Industrial no Brasil, em 1909, quando o então presidente da República, Nilo Peçanha, fundou o Liceu de Artes e Ofícios.

De lá para cá muita coisa mudou e hoje os técnicos industriais têm um papel fundamental para o desenvolvimento do país. “O fato de o atual governo estar investindo na educação de nível técnico mostra o reconhecimento que esse profissional vem conquistando”, afirma o conselheiro federal Lino Gilberto da Silva, Técnico em Edificações e representante das Instituições de Ensino Técnico no plenário do Confea. Para ele, essa data deve ser aproveitada ainda para refletir sobre o papel, a presença e a participação efetiva desses profissionais no Sitema Confea/Crea.

De acordo com o conselheiro Cícero Rocha da Silva, Técnico em Mecânica, há mais de 30 anos os profissionais de nível técnico lutam pelo seu espaço e reconhecimento no Sistema Confea/Crea e na sociedade, com apoio dos sindicatos, nas regiões e da Federação Nacional dos Técnicos Industriais. “Depois dessa intensa luta conseguimos nosso espaço. O dia 23 de setembro é fundamental para homenagear os técnicos”, ressalta.

A profissão

A área de atuação do técnico industrial é ampla, sendo as mais comuns as de construção civil; edificações; eletrônica; eletrotécnica; mecânica; mineração; química; saneamento e telecomunicações. Entre atribuições incluem-se as de conduzir a execução dos trabalhos de sua especialidade; prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de projetos, pesquisas tecnológicas; comprar, vender e utilizar produtos e equipamentos especializados; orientar e coordenar a execução dos serviços de manutenção de equipamentos e instalação; responsabilizar-se pela elaboração e execução de projetos compatíveis com a respectiva formação profissional.

Mariana Silva e Tânia Carolina Machado