1º Inovar trata de fiscalização, eleições pela internet e registro profissional

Brasília, 26 de novembro de 2020.

Inovação e velocidade: essas são as duas palavras que pautarão o segundo mandato do presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, reeleito para o triênio 2021-2023. “Não faz sentido pensarmos em inovação se não tivermos velocidade. E não teremos velocidade se não houver a inovação”, disse Krüger, ao abrir os trabalhos do 1º Inovar – Encontro Técnico Virtual, realizado nesta quarta-feira, 25/11, que chegou a reunir cerca de 80 pessoas de todo o país, conforme contagem da coordenação do evento.

Presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger

Durante sua fala, Krüger ressaltou a importância dos três pilares que, sob o ponto de vista da inovação, foram o foco do evento: fiscalização, eleições pela internet e registro profissional. “Acabei de sair de um processo eleitoral e sei o quanto fui cobrado. Precisamos achar soluções tecnológicas”, disse, ao pontuar que sua intenção é criar uma carteira profissional digital e já realizar pela internet as eleições para conselheiro federal do triênio 2022-2024. “Tragam soluções criativas. As ideias que vocês apresentarem serão todas muito bem-vindas e devidamente tratadas”.

Conselheiro federal eng. mec. Carlos de Laet

Diretor de Planejamento e Gestão, o conselheiro federal eng. mec. Carlos de Laet também participou da abertura do 1º Inovar, momento em que agradeceu aos participantes pela presença e à equipe que proveu a infraestrutura necessária e as adaptações para o ambiente virtual. “O lema do nosso presidente é dar velocidade aos processos. Precisamos dar respostas rápidas, sejam elas negativas ou positivas”, pontuou. 

Coordenadora do evento, Rosângela Simonetti

O 1º Inovar foi coordenado por Rosângela Simonetti, assessora do Confea. Na abertura do evento, ela traçou um panorama de como funcionariam os trabalhos: na parte da manhã, os participantes assistiram à masterclass “5 passos para a inovação”, ministrada por George Andrade. À tarde, o palestrante Rodrigo Narcizo apresentou o 1º Game Inovar. “Inovação é coragem para fazer e errar”, disse, ao pedir paciência aos participantes nesse momento de adaptação a novos formatos de eventos.

Cinco passos para a inovação
Onde começa a inovação; qual é o seu negócio; descobrindo oportunidades; desafios para resultados; e quanto vale sua ideia: esses são os cinco passos para a inovação apresentados pelo empreendedor George Andrade, mestre em direção estratégica de marketing, que ministrou a masterclass no período da manhã. “Inovar é simples. Mas simples não é sinônimo de fácil. Inovar é simples no sentido de que não é complexo. Mas o caminho pode ter obstáculos”, pontuou.

Simonetti e Andrade participam virtualmente

Em sua explanação, Andrade detalhou conceitos, como “criatividade”, que é o primeiro passo do processo que resultará na inovação, mas não é a inovação em si. “Criatividade é buscar ideias novas e úteis. Mas a ideia não vale nada até a gente saber sua capacidade de execução. Inovação é a implementação bem-sucedida de uma boa ideia”. Outra diferenciação abordada na masterclass foi de invenção, que é quando a ideia é proposta pela primeira vez, enquanto que inovação é o aprimoramento de algum produto, ideia ou projeto já existente.

No período da tarde, os participantes se dividiram em grupos e, na dinâmica de Game, propuseram inovações aos três desafios propostos: fiscalização, eleições online e registro de profissional. O próximo passo será o de mentoria, em 9 de dezembro, e, no dia 18, será realizado o pitching das soluções propostas e a divulgação dos resultados do game.

Beatriz Craveiro
Equipe de Comunicação do Confea

Participação do Crea-PE
As colaboradoras Suenya Aragão, chefe da Divisão de Comunicação, Projetos e Marketing (DCPM) e Maristela Portela, assessora de Parcerias (ASSPAR) do Crea-PE, representaram o Conselho, participando da palestra e workshop.