Crea-PE

Aeambs-PE completa oito anos de criação celebrando conquistas para os profissionais e à entidade

A Associação dos Engenheiros Ambientais e Sanitaristas de Pernambuco comemora a representatividade no Crea-PE, nos eventos e nos debates das questões ambientais e sanitárias 

Há oito anos, um grupo de estudantes e recém-formados em Engenharia Ambiental da Uninassau e da Unicap se uniu para criar a primeira entidade que representasse os profissionais no Estado. Nascia assim, em abril de 2015, a Aeambs-PE, que mais tarde incorporou os engenheiros sanitaristas. Neste sábado (15), a Associação dos Engenheiros Ambientais e Sanitaristas de Pernambuco celebra seu aniversário com muitas conquistas.

Rodolfo Alves Neto, presidente da Aeambs-PE, era um dos recém-formados daquele grupo. Segundo ele, o objetivo era que os profissionais fossem representados junto ao Sistema Crea/Confea/Mútua. O reconhecimento veio em 2021, quando a entidade conseguiu uma cadeira no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco.

Agora, a Aeambs-PE conta com quatro conselheiros, titulares e suplentes; participa da Comissão de Entidades Regionais (Ceder), da Comissão de Meio Ambiente e está sempre presente nos debates das questões ambientais e sanitárias. “Buscamos mostrar para a sociedade a atuação do engenheiro ambiental e sanitarista, promovendo palestras e eventos e estando presente em atividades como o Dia Mundial da Água”, explica Rodolfo Alves.

Vice-presidente da Aeambs, Marcos Chaprão lembra que a fundação da entidade foi a forma de organização encontrada pelos profissionais que tinham necessidade de buscar direitos e conseguir benefícios através de ações comuns. “Acreditamos que o associativismo promove um ganho social amplo e irrestrito, com mais chances de alcançarmos metas e planos almejados”, ressaltou.

Com cerca de 200 associados, a entidade consegue alcançar uma média de 700 profissionais, através das redes sociais e outros meios de comunicação. Associada da Aeambs-PE, a engenheira ambiental e sanitarista Emmanoelle Lira considera a entidade muito atuante. “A associação dá voz à Engenharia Ambiental no Crea e o profissional consegue ser mais percebido nas suas necessidades”, considera.

A busca da entidade por espaços para os profissionais também é ressaltada por Fernando Henrique Ferreira Alves Melo, diretor tesoureiro da Aeambs-PE. “A associação tem como foco dar visibilidade à categoria para sociedade de modo geral”, afirma. Segundo Fernando Henrique, outra frente importante é buscar inserir o profissional no mercado de trabalho, evitando a sobreposição de atividades de profissionais de outras áreas, o que ocorre com frequência.

“Dia 15 de abril é um dia especial para os engenheiros ambientais e sanitaristas de Pernambuco, e principalmente para a Aeambs, pelo oitavo ano”, destacou o presidente do Crea-PE, Adriano Lucena. O presidente ressaltou ainda a importância da participação da entidade nos debates das câmaras especializadas do Crea e na defesa de uma engenharia plural.

Skip to content