Clube Internacional é vistoriado pela FPI

Recife, 1º de fevereiro de 2010 – As instalações do Clube Internacional do Recife foram inspecionadas na sexta-feira (29), por técnicos da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) de Carnaval. Fiscais do Crea-PE, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Associação dos Engenheiros de Segurança do Trabalho e da Celpe vistoriaram o local onde  foi realizado o Bal Masqué.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Atestado de Regularidade do clube está na validade e o número de extintores no local, atende ao que é exigido pela legislação. Já com relação aos itens que devem ser verificados pelo Crea-PE, as instalações apresentaram uma série de irregularidades. A maioria, que põe em risco a segurança do folião. A falta do uso de materiais como tapume possibilita que o folião caia das estruturas já que os tecidos utilizados na decoração podem ser confundidos com “paredes”. Também representam perigo os trechos das estruturas metálicas dos camorotes que expostas como estão podem causar ferimentos graves, numa queda, por exemplo, a cabeça ou a coluna podem ser as áreas do corpo atingidas. Os degraus também causam preocupação já que não foram fixados.

Ainda no Internacional foi verificada a falta das Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) dos serviços referentes às instalações elétricas da decoração, da montagem dos camarins e da responsável pela geração da energia que será utilizada no evento. Para que aja uma maior agilidade na verificação do cumprimento de todas as exigências feitas pelos técnicos, a gerente Técnica do Crea-PE, engenheira Giani Camara, instruiu os fiscais para que notificassem o clube que deverá ser o responsável pela apresentação de toda a documentação exigida. Também será de responsabilidade dos administradores do clube, a correção das irregularidades verificadas pelos técnios da FPI.

Dilma Moura

ASC do Crea-PE