Crea-PE e Celpe firmarão parceria para unir esforços em ações conjuntas

IMG_2564aO presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, juntamente com os diretores Luiz Antônio de Melo, Marcílio Bezerra e Marçal Sayão Maia, recebeu em seu gabinete, visita de cortesia de representantes da Celpe Grupo Neoenergia. Na oportunidade, esteve presente o diretor-presidente, os superintendentes e o gerente de Operação e Manutenção de Subestações da Ceple, Antônio Carlos Sanches, Wilson Cleber de Oliveira, Saulo Cabral da Silva e Hugo Vidal, respectivamente.

A visita teve como objetivo a apresentação dos gestores dos dois órgãos, além de conversa no sentido de viabilizar parcerias que ajudem no desenvolvimento das atividades exercidas pelos dois órgãos. Nesse sentido, o presidente Evandro Alencar falou do Projeto Blitz do Crea que deverá reunir representantes das Câmaras Especializadas das diversas áreas da Engenharia, Agronomia e demais especialidades profissionais, com a finalidade de vistoria espaços públicos apontando possíveis falhas encontradas, a exemplo das ligações elétricas. “Nesse cenário, a participação de técnicos da Celpe será imprescindível”, explicou o presidente do Crea-PE.

Outra iniciativa que poderá unir o Crea-PE e a Celpe será o repasse de informações de obras e ou serviços fiscalizadas onde haja observância de inadequação das exigências feitas por ambos. Nesse caso, deverá haver a celebração de Convênio de Cooperação Técnica.

No que se refere aos trabalhos que poderão ser realizados conjuntamente, a sugestão dos presidentes Evandro Alencar e Antônio Carlos Sanches, é de que seja criado um grupo de trabalho com o objetivo de realizar as ações, que deverão ter, prioritariamente, voltadas aos interesses da sociedade.

O diretor Luiz Antônio de Melo, que é também presidente da Fundacentro, órgão ligado ao Ministério do Trabalho, que tem como atribuição o desenvolvimento de políticas que garantam a segurança do trabalhador, aproveitou a oportunidade para solicitar a atenção dos representantes da Celpe para que nos futuros trabalhos conjuntos a Fundacentro também possa auxiliar no repasse de normas de segurança, principalmente, nos canteiros de obra, onde, de acordo com o diretor, a incidência de a incidência de acidentes com morte por choques elétricos, quedas e soterramentos, ultrapassam os 80%.

O diretor Marçal Sayão Maia, também lembrou o perigo das ligações clandestinas, habitualmente encontradas nas feiras livres e mercados públicos. “Penso que podemos tomar providências para evitar a prática que é vista corriqueiramente nesses espaços públicos”, disse.

Com visível interesse em concretizar as possíveis parcerias entre os dois órgãos, os gestores finalizaram a reunião com o compromisso de enviarem propostas de contrapartidas para as ações que deverão ser implementadas conjuntamente, assim como as indicações dos representantes dos órgãos que ficarão a frente dos trabalhos.

Para adiantar as tratativas o presidente Evandro Alencar já sinalizou que destacará a chefe da Divisão de Convênios e Parcerias (DCOP), Daniele Castro e a assessora Jurídica Nathalia Amorim, para tratarem das questões legais que envolvem as parcerias.

Dilma Moura

ASC do Crea-PE