Crea-PE

Crea-PE recebe representante do condomínio próximo às obras do Parque Aeroclube para mediação de conflito

As intervenções do equipamento estão em andamento no bairro do Pina, na Zona Sul

O presidente do Crea-PE, Adriano Lucena, recebeu na manhã desta quarta-feira (24), em seu gabinete, na sede provisória do Conselho, no bairro do Espinheiro, a moradora do condomínio Privê Parque 41, Martha Valeriano, e o seu advogado Alexandre Alves, para uma reunião de mediação de conflito sobre a execução das obras do Parque Aeroclube. O equipamento público será o maior da capital pernambucana com área de 11,9 hectares. As intervenções da Prefeitura do Recife foram iniciadas em setembro de 2023, no bairro do Pina, na Zona Sul.

De acordo com o advogado Alexandre Alves, o propósito é minimizar a situação dos moradores com relação aos danos causados por essa construção. “Viemos pedir ajuda ao Crea para intermediar essa situação junto à construtora. Todos os danos estão documentados e a nossa intenção é a de resolver essa circunstância de forma amigável e pacífica”, ressaltou.

Adriano Lucena ressaltou que o Crea-PE está à disposição para mediar o conflito. “Estamos acompanhando este processo de perto para garantir que os possíveis danos nas residências próximas às obras sejam reduzidos”, explicou. No dia 29 de dezembro de 2023, o presidente recebeu os representantes da construtora e da consultoria responsáveis pelas intervenções do Parque Aeroclube para uma conversa de intermediação. Também esteve presente na reunião o gerente de Fiscalização do Conselho, Nailson Pacelli.

Com investimento de R$ 62 milhões, o Parque Aeroclube está previsto para ser entregue no segundo semestre de 2024. No local, haverá equipamentos como pista de cooper, quadra poliesportiva, campo de areia, ciclovia, parcão, espaço para caminhada e uma Academia da Cidade. Nas redondezas, além dos habitacionais Encanta Moça 1 e 2, entregues em dezembro do ano passado para famílias que viviam em situação de vulnerabilidade social, o projeto da Prefeitura conta com a construção de um Compaz, duas creches, uma Upinha e de uma passarela que será transformada em biblioteca.

 

Skip to content