GT Haiti define últimos acertos para o Seminário Pró-Renascimento Solidário

 

O presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, participou na última segunda-feira (07) de mais um encontro do GT Haiti, como coordenador adjunto, na sede do Confea, em Brasília. Na pauta estavam os ajustes para o I Seminário Internacional Pró-Renascimento Solidário do Haiti e o I Encontro do São Francisco. Também participaram da reunião o conselheiro federal e coordenador do GT Haiti, Kleber Santos, o presidente do Clube de Engenharia de Pernambuco e membro do grupo, Alexandre Santos, a assessora do GT, Mônica Ribeiro, o engenheiro agrônomo Maurício Garcia, como convidado, e o vice-presidente do Confea, Pedro Queiroz.
 
O I Seminário Internacional Pró-Renascimento Solidário do Haiti será realizado em Foz do Iguaçu, no Paraná, de 28 a 31 de março. O evento integra o conjunto de ações previstas no Projeto de Cooperação Técnica para a criação de uma entidade profissional reguladora naquele país elaborado pelo Grupo de Trabalho Haiti do Confea.
 
O governo brasileiro, através da Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores, promoverá a vinda de quatro profissionais haitianos, dois engenheiros e dois arquitetos, para participar do workshop. Outra presença garantida é da presidente da União Panamericana de Associações de Engenheiros, Irene Campos, que representará a instituição no evento.
 
Representantes da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), que reúne todos os órgãos fiscalizadores do DF, apresentou, durante a reunião, uma proposta de participação no seminário. “A Agefis exibirá uma palestra sobre a fiscalização como processo final na organização do Estado no que diz respeito a legislação do uso do solo”, informou José Mário, presidente do Crea-PE e coordenador adjunto do GT Haiti.
 
Além disso, a programação do seminário incluirá as apresentações do Sistema Confea/Crea/Mútua, da legislação brasileira profissional e das possibilidades do projeto de cooperação. Uma visita à Usina Hidrelétrica de Itaipu e um almoço oferecido pela Itaipu Binacional farão parte do enceramento do evento. O encontro contará também com a participação da Federação Brasileira de Associações de Engenheiros (Febrae), o Confea e o Crea-PR como anfitrião do evento.
 
Outra questão discutida na reunião desta segunda-feira foi a possibilidade de, paralelamente ao seminário, articular com os colégios profissionais da Argentina e Paraguai a provável realização do projeto Pensar o País, em conformidade com o Pensar as Américas.
 
Com relação ao I Encontro do São Francisco, que será realizado em Petrolina, Pernambuco, de 2 a 4 de março, foi definido que o evento será uma parceria entre Confea e Crea-PE e que contará com o apoio de todos os Creas dos estados envolvidos com a transposição do rio São Francisco. O presidente do Confea, Marcos Túlio de Melo, considera o evento de muita importância e afirmou que a revitalização do rio São Francisco é uma das maiores preocupações dos profissionais vinculados ao Sistema Confea/Crea/Mútua.
 
 

Vanessa Bahé
ASC Crea-PE