Plano Diretor do Recife e habitação no centro da cidade têm destaque no Crea Convida

Debate acontecerá nesta terça-feira (16) com transmissão ao vivo a partir das 19h, pela TV Crea-PE, no Youtube

O Centro do Recife está na pauta de discussão da cidade, com enfoque na sua revitalização, passando pela proposta de viabilizar moradia em prédios hoje desocupados. Um debate que o Crea-PE está alinhado, dentro do projeto do Conselho de disponibilizar seus conhecimentos técnicos na criação de uma cidade acessível, inclusiva e boa para todos. Como uma forma de contribuir para o desenvolvimento deste assunto, promove nesta terça-feira (16) o Crea Convida com o tema: “O novo Plano Diretor do Recife e a revitalização do Centro da cidade”.

O Crea Convida é um debate realizado semanalmente para discutir temas importantes, que tenham impacto na qualidade de vida, segurança e saúde dos cidadãos. Os convidados serão a arquiteta Mariana Asfora, secretária executiva de planejamento do Instituto da Cidade Pelópidas Silveira, vinculado à Secretaria de Política Urbana e Licenciamento; e o engenheiro civil Bertand Sampaio, superintendente da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco.

Ela é arquiteta e urbanista pela Universidade Federal de Pernambuco (2002), especialista em Direito Urbanístico e Ambiental pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas, 2017). É analista de desenvolvimento urbano, arquiteta do Recife desde 2011, tendo atuado como Gerente de Zonas Especiais (2018) e diretora executiva de Planejamento Urbano (2018-2020) do ICPS.

Mariana Asfora explica que o Plano Diretor é um instrumento legal que estabelece a política de desenvolvimento urbano da cidade. O novo plano do Recife, aprovado no final do ano passado, é uma revisão do plano aprovado em 2008.

O Crea Convida desta terça engrossa os debates que estão sendo realizados para a habitação no centro da cidade. Entre eles, a criação de uma Frente Parlamentar da Câmara dos Vereadores do Recife, que vem ouvindo a sociedade e entidades que possam contribuir com a pauta. A frente é formada por nove parlamentares de vários partidos e se propõe a formular, incentivar, acompanhar e fiscalizar políticas públicas voltadas para o território central da cidade.

A ideia é revitalizar os prédios abandonados no centro da cidade, que estão abandonados. O trabalho é para mudar uma realidade onde tem tanta gente sem casa e tanta casa sem gente. Isso porque, o déficit habitacional no Brasil é quase equivalente ao número de imóveis ociosos.

O Centro da cidade sempre esteve entre os locais de desejo de moradia da classe média, que quer ficar mais próximo do trabalho, próximo de locais com uma infraestrutura consolidada. Tais solicitações são atendidas com construções de prédios para atender esta demanda, principalmente nos bairros da Boa Vista, Santo Amaro ou no Bairro do Recife. Mas a questão dos prédios ociosos não era contemplada por estas soluções.

Nas audiências públicas sobre o tema que o Crea vem participando, o Conselho pontua que sua nova gestão quer ajudar a transformar essa área central do Recife. O Crea hoje vê como prioridade para a engenharia a recuperação do Centro da cidade e a assistência técnica para a habitação de interesse social, uma ferramenta para a melhoria para a qualidade de moradia e da vida do cidadão. O Conselho vem sempre se colocando à disposição para participar de forma ativa nesse debate, de forma contínua.

O debate, a exemplo de todas as edições, começa às 19h. Tem transmissão ao vivo pela TV Crea, no Youtube. Após as apresentações, é aberto um espaço de interação com o público presente, com perguntas sobre o assunto.