Estádios de futebol serão obrigados a apresentar laudos técnicos

Paixão nacional, o futebol ganha cada vez mais espaço na economia brasileira. A realização do Mundial de 2014 vai movimentar todos os atores de desenvolvimento do País e já preocupa o Ministério do Esporte (ME), no que diz respeito à segurança nos estádios de futebol. Por essa razão, o presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), José Mário Cavalcanti, explicou as contribuições do Conselho em relação às vistorias nos campos esportivos, na quarta-feira (11), na sede do Crea-PE. O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) disponibilizará aos responsáveis pelos campo de futebol uma lista com nomes de profissionais habilitados para a prestação de serviços de vistorias, conforme o convênio de cooperação técnica firmado entre o Ministério dos Esportes (ME), o Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) e os Creas, em 22 de outubro de 2009. De acordo com o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, a medida garantirá ao público mais segurança nos espaços, além de assegurar que os campos estejam acessíveis a todos. “Hoje, é inadmissível que esses espaços não assegurem conforto, tranquilidade e acessibilidade às pessoas. Isso é uma questão de respeito ao direito do cidadão. Lembremos que o País receberá turistas de todos os países para assistir à Copa do Mundo em 2014 e às Olimpíadas em 2016”, destacou José Mário Cavalcanti. Na ocasião, o vice-presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), José Joaquim, explicou que esse novo modelo de vistoria nos estádios beneficiará todos os torcedores. “Quem vai ao campo merece um pouco de conforto e segurança. Essa medida é uma maneira de melhorar os estádios de futebol de Pernambuco”, explicou Joaquim. Ainda segundo ele, os clubes, que os são responsáveis pela manutenção das construções, terão até o dia 20 de dezembro para apresentar os laudos técnicos de vistorias elaborados pelos profissionais habilitados e cadastrados pelo Crea-PE. Inscrição – O cadastramento dos interessados está sendo realizado até o dia 30 de novembro deste ano, na sede do Crea-PE, na avenida Agamenon Magalhães, nº 2978, no Espinheiro. Os profissionais ainda podem preencher a ficha de inscrição no escritório de Boa Viagem, localizado na Avenida Agamenon Magalhães, nº 1472, salas 52 a 54 ou ainda nas onze Inspetorias Regionais, localizadas no Interior de Pernambuco. Os interessados devem ter pelo menos uma das graduações em: engenharias civil, mecânica, elétrica, agrônoma ou na arquitetura e urbanismo. Só podem se inscrever profissionais que não tenham sido penalizados por infrações ao Código de Ética, nos últimos cinco anos, e que tenham regularidade de registro, anuidade e experiência comprovada por Certidão de Acervo Técnico (CAT). As exigências estão estabelecidas no artigo 30 da Lei nº 8.666/93 e na Resolução nº 317/86, do Confea.