Crea-PE premia profissionais do Sistema e de Comunicação Social

Na noite da última quarta-feira (13), o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) realizou uma plenária solene para a entrega dos prêmios de  Meio Ambiente e Fotografia 2010. Além do resultado do concurso, o Conselho também aproveitou a ilustre ocasião para homenagear os cursos de Agronomia, Engenharia Florestal e Engenharia de Pesca pelos 100, 50 e 40 anos, respectivamente, de existência no Brasil.

 
Três profissionais, que dedicaram parte das suas histórias de vida às engenharias, receberam placas comemorativas. Foram eles: o engenheiro agrônomo José Juvino de Araújo, que recebeu o certificado do professor Fernando José Freire, coordenador do Reúne e assessor do reitor da UFRPE; o engenheiro florestal Nielsen Christianni Gomes da Silva, homenageado pelo presidente da Associação Profissional dos Engenheiros Florestais de Pernambuco (APEEF), Marcílio Viana Luna Filho; e o engenheiro de pesca Augusto José Nogueira, que recebeu a honraria do presidente da Associação dos Engenheiros de Pesca de Pernambuco (AEP-PE), Renaldo Tenório de Moura.
 
“É uma grande satisfação realizar a premiação e a homenagem aos nossos colegas que representam hoje, nesta plenária, os cursos de agronomia, engenharia florestal e engenharia de pesca. Desejo votos de sucesso para os vencedores dos prêmios Crea-PE e agradeço pelo empenho do engenheiros homenageados na luta política e científica das áreas tecnológicas. Saúdo todos os presentes em nome do nosso presidente José Mário Cavalcanti, que neste momento viaja para representar o Sistema Confea/Crea/Mútua no Congresso Mundial de Engenharia, na Argentina”, discursou o 2º vice-presidente do Crea-PE, Arnaldo Cardim, que presidiu a solenidade.
 
Os prêmios Crea-PE de Meio Ambiente e de Fotografia são promovidos pelo Conselho há 10 e oito edições, respectivamente, e este ano teve o apoio da Vital Engenharia Ambiental S.A e Maia Melo Engenharia Ltda.
O concurso de fotografia, realizado em parceria com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Pernambuco (SinjoPE) e a Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de Pernambuco (Arfoc-PE), premia, desde a sua terceira edição, um valor total de R$ 12 mil. O julgamento dos 39 trabalhos fotográficos, nas categorias profissional do Sistema, profissional de Comunicação e estudante, foi feito no dia 29 de setembro.
Já o prêmio Crea-PE de Meio Ambiente foi criado em reconhecimento ao trabalho feito por entidades, instituições ou pessoas físicas que se destacaram pela defesa de posições, ações e projetos que contribuem para preservar e defender o meio ambiente. Na premiação, os vencedores receberam certificados e troféus.
A sessão plena foi presidida pelo 2º vice-presidente do Crea-PE, Arnaldo Cardim, acompanhado na mesa pelo representante das instituições de ensino, professor Fernando José Freire (Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE); pelo conselheiro federal, arquiteto José Luiz Mota Menezes; pelo representante das entidades de classe, Antônio Ferreira Filho (Associação dos Engenheiros Agrônomos de Pernambuco – AEAPE); pelo coordenador da Comissão de Meio Ambiente do Crea-PE, engenheiro agrônomo Joadson de Souza Santos; pelo presidente da Associação dos Repórteres Fotográficos, Cinematográficos de Pernambuco (ARFOC-PE), Reginaldo Sereno; e pelo diretor da Mútua, Henrique Lins.
 
Segue abaixo a lista dos premiados:
 
Prêmio Crea-PE de Fotografia
Menção Honrosa – categoria I
Eng. agrônomo Alexandre Henrique de Cavalcanti Queiroz
Eng. agrônoma Goedhi Antas Marques Cordeiro
 
Destaque – categoria II
Repórter fotográfico Hans von Manteuffel
Menção Honrosa –  categoria II
Jornalista Bernardo de Barros Soares
 
Categoria I
1º lugar – Eng. Civil Luiz Priori Júnior
2º lugar – Arquiteta Tereza Cristina Cunha de Andrade
Estudante – Eduardo Amorim Gonçalves Ferreira
 
Categoria II
1º lugar – Repórter fotográfico Hans von Manteuffel
2º lugar – Jornalista Bernardo de Barros Soares
Estudante – Thiago Cunha de Andrade
 
Prêmio Crea-PE de Meio Ambiente
Categoria Personalidade
Eng. Florestal Maria de Fátima de Araújo Carvalho
Autora do Projeto Usina Bom Jesus Conservando a Biodiversidade, que consiste na produção de mudas e reflorestamento com essências florestais nativas da Mata Atlântica. A finalidade do projeto é melhorar efetivamente o meio ambiente e a qualidade de vida na região.
 
Categoria Instituição
Fundação Gaúcha de Bancos Sociais
Idealizou e implementou o Projeto dos Bancos Sociais com o intuito de transformar desperdício em benefício social. O projeto possui uma metodologia de trabalho que objetiva a inserção das entidades de classe, empresas, empresários, e sociedade civil na área da Responsabilidade Social, com a finalidade de apoiar e fortalecer de forma eficaz as iniciativas do Terceiro Setor no combate à fome, à violência e a miséria.
 
Breve currículo dos engenheiros destaque da Agronomia, Eng. Florestal e Pesca:
 
José Juvino de Araújo (engenheiro agrônomo) – Formado há 42 anos, o agrônomo Juvino atualmente é funcionário do Ministério da Agricultura, cedido à Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e participa desde 1982 da Associação de Engenheiros Agrônomos de Pernambuco, hoje como secretário geral. Trabalhou no Banco Nacional de Crédito Cooperativo, na Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Minas Gerais e na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).
Nielsen Christianni Gomes da Silva (engenheiro florestal) – O engenheiro florestal possui quase duas décadas de atividade profissional. É atualmente consultor do Projeto de Desenvolvimento Sustentável para os Assentamentos de Reforma Agrária no Semi-Árido do Nordeste – Projeto Dom Helder Camara, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e apoio do FIDA e do Fundo Ambiental para o Meio Ambiente Mundial (da sigla em inglês GEF). Passou pelo Programa de Desenvolvimento Florestal Integrado para o Nordeste do Brasil. Foi consultor do Mecanismo Mundial das Nações Unidas de Luta contra a Desertificação, além de consultor em planejamento agroflorestal e ambiental. Entre as várias atuações na política profissional, destacam-se a de presidente da Associação Pernambucana de Engenheiros Florestais (APEEF) por dois mandatos; vice-presidente da Sociedade Brasileira de Engenheiros Florestais (SBEF); 2º vice-presidente do CREA-PE; diretor Financeiro do CREA-PE; entre outras. É atual conselheiro da Câmara de Agronomia do Crea-PE.
Augusto José Nogueira (engenheiro de pesca) – Com 21 anos de formação e mestre em Recursos Pesqueiros e Aquicultura, o engenheiro é o atual coordenador da Estação de Aqüicultura Continental Joe Koike do Departamento de Pesca da Universidade Federal Rural de Pernambuco. É também diretor suplente do Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (Senge-PE) e membro do Conselho Nacional de Pesca e Aqüicultura (CONAP) do Ministério de Pesca e Aqüicultura. Foi presidente da Associação de Engenheiros de Pesca por dois mandatos e presidiu a Federação das Associações dos Engenheiros de Pesca do Brasil.

Vanessa Bahé
ASC Crea-PE