Fórum de Construbusiness apresenta tendências do mercado pernambucano

Recife, 14 de setembro de 2012 – Qualificação da mão de obra na construção civil e mobilidade foram os grandes temas discutidos durante a primeira edição do Fórum de Construbusiness realizado pela Câmara Americana de Comércio (Amcham-Recife) na última terça-feira. O evento, direcionado para empresários que atuam na cadeia produtiva da construção civil ou industrial, apresentou um panorama geral das tendências para o mercado de construbusiness no Estado. O setor é um dos responsáveis pelo aquecimento econômico do Estado nos últimos anos, graças aos investimentos em obras estruturadoras. Mais de cem executivos estiveram reunidos durante a manhã, onde foram apresentados e discutidos os impactos do planejamento urbano e da mobilidade na economia e na sustentabilidade da cidade.

Apesar do otimismo demonstrado pelo setor, especialistas apontam que a qualificação da mão de obra é peça fundamental para garantir o desenvolvimento sustentável. “Precisamos dobrar nossa capacidade de formação de profissionais para acompanhar o crescimento da atividade”, afirmou o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PE), José Mário Cavalcanti, indicando que se o Estado não consegue suprir essa demanda, é preciso buscar oferta fora do Estado. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apresentados pelo sócio-diretor da Ceplan, Valdeci Monteiro, entre 2002 e 2010, o estoque de empregos formais da construção civil no Estado cresceu mais de 170%.

Fonte: Jornal do Commercio