Capa > Destaque > NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

É com imenso pesar que o Crea-PE comunica o falecimento do sócio-fundador da Tecomat, o engenheiro e professor Joaquim Correia, na tarde desta segunda-feira, 31 de dezembro.

“Tive a oportunidade de conhecer o Engenheiro e Professor Joaquim Correia, quando gentilmente aceitou participar do nosso Comitê Tecnológico Permanente (CTP), no Crea-PE. Mais uma vez nossos caminhos cruzaram-se quando passamos a ser colegas na Academia Pernambucana de Engenharia.

Enfim, não foi preciso muita convivência para encontrar nele aquilo que muitos já sabiam: o grande profissional e grande ser humano, que tão importante contribuição deu à nossa Engenharia”, resumiu o Presidente Evandro Alencar.

Homem simples, direto, bem humorado,formou-se pela Escola de Engenharia de Pernambuco, da UFPE, nos anos 50. Tendo passado por diversas experiências profissionais ao longo de sua carreira, começou a consolidar-se como engenheiro de grandes obras na década de 80. Com a escassez de grandes obras na década seguinte, Joaquim Correia voltou a focar em obras residenciais e lhe foi solicitado que abrisse uma pessoa jurídica em 1992.

Assim nasceu a Tecomat que atualmente acumula 22 engenheiros e 200 colaboradores, contando com o único laboratório credenciado pelo Inmetro no Nordeste e atendendo simultaneamente obras como a Ferrovia de Carajás, Refinaria no Maranhão, Porto de Itaqui, Rodovia Rondonópolis e o Canal do Sertão em Alagoas.

Há doze anos, o professor Joaquim Correia contratou a TGI para profissionalizar a gestão da Tecomat e até hoje a consultoria atua na organização, tendo ajudado na estruturação dos setores, na implantação de uma cultura baseada no acompanhamento dos processos, na descentralização do comando e ainda na criação de ferramentas para planejar o futuro.

Ao longo de sua trajetória profissional, Joaquim Correia construiu paralelamente uma sólida e reputada carreira como professor de múltiplas disciplinas na UFPE onde lecionou por 44 anos (1960-2004) e também na UPE (1964-1974), tendo sido congratulado com a medalha do mérito do centenário da Escola de Engenharia.

Observação: Informamos que o velório ocorrerá nesta terça-feira, 01/01/2019, a partir das 10h, no Morada da Paz, com cremação às 16h.

O Crea-PE agradece, desde já, a todos que se solidarizaram com esta grande perda, desse ser humano querido por muitos e um engenheiro de corpo e alma.

 

 

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates